16/08/10

Paixão


Esta é a "Bia", uma gata que eu amadrinhei e que "demoliu" a casa de duas amigas minhas , a quem a confiei. Despesas de fora ( e que não me foram - ainda - reclamadas), a "Bia" , mesmo sendo uma terrível destruidora de móveis, flores e "bibelots" foi bem recebida e acarinhada pelas novas "donas" (prefiro denominá-las de amigas). Eu diria, que é mesmo "venerada" por elas e o resultado está à vista: é linda e bem cuidada.Qual deusa felina...:))

Esta foto, remete-me a Bastet (também protectora das crianças), a deusa de cabeça de gato que os protegeu , conferindo-lhes características divinas ao ponto de alguns povos velarem a morte de um gato, enlutando-se e mumificando-os.
O fascínio por estes seres é secular, desde o Egipto onde os veneravam, reconhecendo-lhes utilidade e "poder". Para os Celtas o gato teria 9 vidas, e na Idade Média "apenas" 7, época em que foi personificado com o mal, acreditando-se mesmo que os gatos pretos eram uma encarnação demoníaca. Mesmo perseguidos neste período, esta é outra prova do enorme fascínio que os felinos (falo dos domésticos) exerceram no Homen, ao longo dos tempos.
Adquiriram ainda outras simbologias, por exemplo para os japoneses é sinal de sorte e para os budistas é símbolo de sabedoria.
A verdade é que é difícil ser-lhes indiferente. Por mim, é notório, tenho uma enorme paixão por este seres. :))
Suspeito mesmo, que, de algum modo, me ditaram o destino. O profissional, pelo menos...:)

3 comentários:

Fernando Samuel disse...

Mal chegam, eles passam a fazer parte da nossa vida, como um amigo...

Um beijo.

Armando Sena disse...

Não gosto de gatos, sou mais dado a "gatas", sorry.

smvasconcelos disse...

Fernando Samuel: e é mesmo! Mesmo quando não chegam e deambulam por aí, trato-os como tal...:))
Um beijo

Armando: então? O espécime da foto é nada mais e nada menos que ... Uma gata!!!
.)
beijo