20/10/10

Poema e luta


Um poema de Brecht , com o qual me cruzei, ao acaso na net, e que se enquadra no conjunto de lutas que nos esperam. Uma mensagem de encorajamento para os que lutam e, talvez, de incitamento para os indiferentes e analfabetos políticos como, também, Brecht qualificou (e bem). A imagem também me remete a um outro poema do mesmo autor, o que indaga os apáticos da seguinte forma: "um dia levaram os negros, os judeus, etc e eu não liguei, não era nada comigo. Outro dia foi a mim que levaram...".
Que não nos cansemos, sobretudo de lutar!, e mais ainda pelo futuro, o nosso e o das gerações que nos sucedem. Dia 24, todos à greve!


Ouvimos dizer: Não queres continuar a trabalhar connosco.
Estás arrasado. Já não podes andar de cá para lá.
Estás muito cansado. Já não és capaz de aprender.
Estás liquidado.
Não se pode exigir de ti que faças mais.

Pois fica sabendo:
Nós exigimo-lo.

Se estiveres cansado e adormeceres
Ninguém te acordará nem dirá:
Levanta-te, está aqui a comida.
Por que é que a comida havia de estar ali?
Se não podes andar de cá para lá
Ficarás estendido. Ninguém
Te irá buscar e dizer:
Houve uma revolução. As fábricas
Esperam por ti.
Porque é que havia de haver uma revolução?
Quando estiveres morto virão enterrar-te
Quer tu sejas ou não culpado da tua morte.

Tu dizes:
Que já lutaste muito tempo. Que já não podes lutar mais.
Pois ouve:
Quer tu tenhas culpa ou não:
Se já não podes lutar mais, serás destruído.

Dizes tu: Que esperaste muito tempo. Que já não podes ter esperanças.
Que esperavas tu?
Que a luta fosse fácil?

Não é esse o caso:
A nossa situação é pior do que tu julgavas.

Se não levarmos a cabo o sobre-humano
Estamos perdidos.
Se não pudermos fazer o que ninguém de nós pode exigir
Afundar-nos-emos.
Os nossos inimigos só esperam
Que nós nos cansemos.

Quando a luta é mais encarniçada
É que os lutadores estão mais cansados.
Os lutadores que estão cansados de mais perdem a batalha.

6 comentários:

Armando Sena disse...

Sílvia, onde arranjas força para tanta luta? Também precisas de repousar mulher.
beijos, boa luta

O Puma disse...

Bjs tantos

Fernando Samuel disse...

Escreve como se estivesse cá hoje...


Um beijo.

Sopro leve disse...

"Resolução
Considerando nossa fraqueza os senhores forjaram
Suas leis, para nos escravizarem.
As leis não mais serão respeitadas
Considerando que não queremos mais ser escravos.
Considerando que os senhores nos ameaçam
Com fuzis e com canhões
Nós decidimos: de agora em diante
Temeremos mais a miséria do que a morte.
Considerando que ficaremos famintos
Se suportarmos que continuem nos roubando
Queremos deixar bem claro que são apenas vidraças
Que nos separam deste bom pão que nos falta.
Considerando que os senhores nos ameaçam
Com fuzis e canhões
Nós decidimos: de agora em diante
Temeremos mais a miséria que a morte.
Considerando que existem grandes mansões
Enquanto os senhores nos deixam sem teto
Nós decidimos: agora nelas nos instalaremos
Porque em nossos buracos não temos mais condições de ficar.
Considerando que os senhores nos ameaçam
Com fuzis e canhões
Nós decidimos: de agora em diante
Temeremos mais a miséria do que a morte.
Considerando que está sobrando carvão
Enquanto nós gelamos de frio por falta de carvão
Nós decidimos que vamos tomá-lo
Considerando que ele nos aquecerá
Considerando que os senhores nos ameaçam
Com fuzis e canhões
Nós decidimos: de agora em diante
Temeremos mais a miséria do que a morte.
Considerando que para os senhores não é possível
Nos pagarem um salário justo
Tomaremos nós mesmos as fábricas
Considerando que sem os senhores, tudo será melhor para nós.
Considerando que os senhores nos ameaçam
Com fuzis e canhões
Nós decidimos: de agora em diante
Temeremos mais a miséria que a morte.
Considerando que o que o governo nos promete sempre
Está muito longe de nos inspirar confiança
Nós decidimos tomar o poder
Para podermos levar uma vida melhor.
Considerando: vocês escutam os canhões
Outra linguagem não conseguem compreender -
Deveremos então, sim, isso valerá a pena
Apontar os canhões contra os senhores!

Bertold Brecht

Nelson Ricardo disse...

Há que lutar, lutar e lutar até a Vitória estar nas nossas mãos.

A Luta Continua!

Bjs.

smvasconcelos disse...

Armando: no sonho de um futuro melhor para os filhos da nossa geração?! :) Um beijo

Puma: Obrigada:) Para ti tb.

Fernando Samuel:É isso, impressionantemente actual. Um beijo,

Sopro Leve: Obrigada pela partilha. beijo,

Nelson Ricardo: parece-me que, mais do que nunca, temos de nos empenhar em Lutar. beijo,